Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

A Audiência Pública sobre Transporte no Grande Recife

"Hoje o Governo do Estado tem autorizando de forma unilateral, a dupla função para os motoristas, fazendo com que o motorista tenha mais de uma obrigação, além de dirigir o ônibus, tenha que descer para a pessoa com deficiência subir, tenha que passar troco, e isso compromete a segurança das viagens", afirma Pedro Josephi.

Além da Frente de Luta, Pedro Josephi é presidente da Fundação Leonel Brizola - Alberto Pasqualini em Pernambuco. Fonte: Globo

Ocorreu hoje no Recife, a primeira audiência sobre o transporte público na cidade, nesse ano de 2020. O debate aconteceu na Assembléia Legislativa de Pernambuco, e contou com a participação de deputados, que ouviram representantes da sociedade civil, como o Sindicato dos Rodoviários, União Brasileira dos Estudantes, e a também a Frente de Luta pelo Transporte Público, representado pelo seu coordenador, Pedro Josephi.


No Recife, muitos problemas são facilmente identificados nos transporte público e que são bastante comuns no dia-a-dia da cidade, como a falta de segurança, descaso com os terminais integrados, sucateamento dos ônibus e além da superlotação, que causa muito calor para os usuários que já sofrem com as altas temperaturas na cidade e não desfrutam de um sistema de refrigeração nesses coletivos.


Para Pedro Josephi, além destes problema, existe ainda a dupla-função feita por motoristas de ônibus, que dificultam a agilidade do tráfego dos coletivos, como também põe em risco a segurança dos passageiros que usam diariamente essas linhas de ônibus. Tudo isso, na conta do Governo do Estado que concorda com este tipo de prática. E ainda acrescenta: "E é por isso que nós fizemos um pedido, que é bom esclarecer aqui para toda a população, nós fizemos um pedido para a suspensão da retirada dos cobradores até que isso seja demonstrado tecnicamente que é viável. Porquê observem, todos os custos das empresas de ônibus são inseridos na tarifa, agora se eles estão demitindo os cobradores, por quê nós não estamos discutindo redução da tarifa?".


Existem 2 milhões e meio de pessoas que utilizam o sistema de transporte diariamente em ônibus quebrados, sucateados e é preciso que a cobrança seja incessante com o Governo do Estado de Pernambuco.

0 visualização

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!