Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

A Lenda de Janequeo: a valente guerreira mapuche que combateu o exército espanhol

Atualizado: 23 de Ago de 2019

Janequeo foi a weichafe mais temida pelas forças espanholas, que a consideraram uma ameaça maior que Galvarino ou que Caupolicán. Sua presença histórica simboliza a resistência, o heroísmo e a liderança da mulher mapuche durante toda nossa história.


Janequeo, uma Joana d’Arc para a Araucanía


Muitos historiadores coincidem em destacá-la como a Joana d’Arc da Araucanía. Entre estes estava Alonso de Ercilla, que em "La Araucana" relatou a origem mapuche-pehuenche da mulher guerreira e seu vínculo marital como cacique Huepotaen – que, graças às suas habilidades de estratégia tinha quase em cheque o governador do Reino do Chile Alonso de Sotomayor, que assumiu como prioritária sua captura. Tendo logrado esse objetivo, alguns dizem que o cacique foi torturado até a morte. Outros, que preferiu se desfazer de sua vida antes de falecer em mãos inimigas.


Ao contrário do que o máximo chefe espanhol em sua zona acreditava, sua agitação não terminou com sua morte. Seu lugar foi ocupado por Janequeo, sua jovem mulher, que havia jurado, como escreveu Alejandro Mihovilovich, “lavar com sangue espanhol a morte de seu marido”.


Seu verdadeiro nome era Anuqueupu, que em mapuche significa “pederneira afiada”. Talvez um sinal da bravura que demonstrou aos invasores aos quais deu a morte com suas próprias mãos. O mais conhecido: capitão Cristóbal de Aranda, cuja cabeça cortou, como se fazia com os oficiais inimigos.


Com a ajuda de seu irmão Huechuntureo, assumiu, já investida como lonco, a liderança de um verdadeiro exército que recebeu apoio de índios puelches do outro lado dos Andes. Seguindo a estratégia de seu falecido esposo, atacou fortes e infligiu sucessivas derrotas aos espanhóis. O historiador Mihovilovich assegura que foram tão importantes e destrutivas suas investidas que fez a estabilidade do governo de Sotomayor entrar em perigo, freando o avanço do exército espanhol.


Por cerca de 1570, seu rastro se perde, por circunstâncias ainda desconhecidas.


Texto original:

https://www.canal9.cl/programas/noticias/2019/03/07/la-leyenda-de-janequeo-la-valiente-guerrera-mapuche-que-combatio-al-ejercito-espanol.shtml


Traduzido por Fred Gonçalves

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!