Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

Anarco-capitalista que defende escravidão para presos... é preso por pedofilia

Rapaz de 18 anos também torturava animais como forma de diversão e considerava autoritário e chato quem o repudiava por isso.

Um ancap de 18 anos, que defendia a prática de pedofilia em redes sociais, foi preso na manhã de hoje, em Rio Verde, Goiânia.

Bruno Hikikomori, nome falso com o qual se apresentava no Facebook, passou a ser investigado pela polícia, após ser denunciado por postar uma imagem de criança com conotação sexual em um grupo de Facebook.


Rastreando suas atividades online, a polícia descobriu que “Hikikomori”, além de discurso de ódio, compartilhava material sobre pedofilia pelo Whatsapp.


Ao saberem da notícia de sua prisão, seus amigos anarco-capitalistas de Facebook preferiram debochar e rir, em vez de lamentarem e refletirem sobre sua ideologia, a qual atrai, ampara e empodera gente psicologicamente doente e perversa.


“Hikikomori” costumava defender pedofilia no Facebook alegando liberdade de expressão irrestrita, o que de fato é defendido por muitos adeptos do ancapismo (ultraliberalismo).

Em outro post sufoca um gato, comparando a tortura animal com uma mera “piada” e que está cansado das pessoas que fazem “revoltinha” com isso.

Para “Hikikomori”, pessoas que não encaram tortura animal como piada, são “autoritárias” e tornam o mundo “um lugar mais chato de se viver”. A típica inversão de valores e da realidade que é a base da ideologia anarco-capitalista.


No mesmo post, ele também demonstrava profundo complexo por ser mestiço:

Claro que não poderia deixar de ser racista também.

O que mais chamou a atenção, porém, foi a sua defesa do fim do imposto. Para ele, o imposto é roubo, como é para qualquer ancap, porém é necessário, a não ser que se estabeleça regime de escravidão aos presos.

Agora, “Hikikomori” tem a oportunidade de colocar sua ideia em prática, podendo ele próprio fazer parte dessa experiência...


Diante de tanta doença, não é de se surpreender que o anarco-capitalismo se torna cada vez mais uma ideologia de pedófilos, misóginos, supremacistas brancos, terroristas que promovem tiroteio em massa e chans de internet que fomentam e legitimam tudo isso.


Curiosidade: O termo “Hikikomori” é o equivalente a incel (celibato involuntário) em japonês, que muitos anarco-capitalistas usam como nome ou sobrenome em seus perfis fakes nas redes sociais e em chans.


Fonte: ANARCOMIGUXOS

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!