Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

Evo Morales promulga a Lei do Sistema Único de Saúde na Bolívia

Atualizado: 23 de Ago de 2019


Até o momento, mais de um milhão de pessoas formalizaram seu registro no Sistema Único de Saúde (SUS). | Foto: Reuters

Várias organizações sociais da Bolívia se reuniram na promulgação da lei.


O presidente da Bolívia, Evo Morales, promulgou nesta terça-feira a Lei do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o território boliviano para proteger todos os cidadãos que não possuem plano de saúde.


A medida modifica a lei número 475 dos Serviços Integrais de Saúde, que estipulou a cobertura de saúde apenas para mulheres grávidas, crianças menores de cinco anos, idosos e pessoas com deficiência em status exclusivo.


Da mesma forma, a chefe do Ministério da Saúde da Bolívia, Gabriela Montaño, destacou a natureza histórica deste evento na gestão do Presidente Morales, que desde sua chegada em 2006 governou em benefício dos trabalhadores, camponeses e indígenas.


Montaño disse que este programa servirá a mais de 5 milhões de bolivianos que não dispõem de um sistema médico gratuito que garanta seu direito à saúde.


''O SUS é uma possibilidade nunca antes vista na história do país, porque foram introduzidos 8 mil itens em um ano, nunca investimos mais de 2 bilhões em infraestrutura hospitalar, então é uma oportunidade de avançar e temos que avançar gradualmente ", disse o ministro.


O SUS entrará em vigor a partir de 1º de março deste ano com a cobertura inicial de 300 benefícios gratuitos de saúde, que serão distribuídos nos hospitais estaduais nos primeiro, segundo e terceiro níveis, de acordo com as estipulações e peculiaridades do sistema. casos médicos.


Por Telesur

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!