Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

Job Guarantee e a política de oferta de empregos de Minsky

Atualizado: 12 de Set de 2019



Aqui já foi falado um pouco sobre a MMT. Agora vou falar um pouco sobre o Job Guarantee, um programa sugerido pela MMT para reduzir o desemprego e a pobreza. O Job Guarantee consiste em fazer com que o governo federal tenha compromisso em oferecer emprego para todos os que estão dispostos a trabalhar mas não conseguiram vaga no setor privado, com salários abaixo daqueles que o setor privado paga, para não tirar trabalhadores do setor privado. A proposta feita nos EUA consiste em oferecer emprego por 15 dólares a hora. O governo federal, por ser soberano e emitir moeda, pagaria os salários, mas o programa seria feito em parceria com governos locais e ONGs, que dariam o trabalho. Esta proposta poderia ser aplicada em outros países, com, obviamente, salário mais baixo.

A ideia original foi formulada pelo economista pós-keynesiano Minsky nos anos 1960, que tinha um visão crítica do keynesianismo IS-LM implementado por Kennedy e Johnson. De acordo com Minsky, este keynesianismo, que consistia em simplesmente gerar mais demanda através de políticas fiscal e monetária expansionistas, tinha efeitos inflacionários e além disso era insuficiente para diminuir desemprego, pobreza e desigualdade, pois as empresas que produziam mais por causa da demanda maior acabam contratando trabalhadores mais qualificados, deixando os menos qualificados para trás. Minsky achava que era melhor o Estado dar os empregos diretamente do que estimular indiretamente as empresas fazerem isso. E não haveria efeito inflacionário, pois os empregos do programa teriam remuneração mais baixa, e, por isso, não pressionariam os salários do setor privado para cima.

Os defensores da MMT e do Job Guarantee consideram que o keynesianismo IS-LM é nada mais do que uma versão progressista do trickle-down economics, aquela que considera que basta estimular as empregas privadas investirem que todo mundo sai da pobreza. O tricke-down, em sua versão conservadora, tem estímulos às empresas pelo lado da oferta.

Os defensores do Job Guarantee também são críticos de programas que envolvem mera transferência de renda sem trabalho, pois, para eles, estes programas poderiam ser inflacionários, ao criar poder de compra sem criar produção correspondente, e também porque uma pessoa que passasse muito tempo sem trabalhar poderia perder competências

Mais informações sobre o Job Guarantee podem ser encontradas no link (Marcelo Brito) http://bilbo.economicoutlook.net/blog/?p=23719


Por Meu Professor de Economia.

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!