Publicações e Posts


 

Esta é a seção de Postagens e Publicações, partilhadas pelos distintos sites vinculados ao Jornal A Pátria. Para retornar a seção ou blog que estava anteriormente, basta clicar nela abaixo (ou voltar no navegador):

Josif Stalin, líder do país que esmagou os nazistas



“Ele encontrou a Rússia com arado e a deixou equipada com a bomba atômica”, disse Churchill, sobre Stalin. 1953

O primeiro país que permitiu que os trabalhadores pusessem os pés na universidade era a URSS de Stalin. O primeiro sistema de saúde pública do mundo, idem.

A maior campanha de alfabetização da História da Humanidade ocorreu na URSS de Stalin. A UNESCO é quem diz isso: http://unesdoc.unesco.org/images/0007/000781/078161so.pdf


Um país com 75% de analfabetos em 1919 que, em 1953, apresentava a menor taxa de analfabetismo do mundo. Não são coincidências ou casualidades.

Foi também a URSS que realizou a maior campanha de eletrificação em um país. Em 1953, a URSS estava 100% eletrificado. Por que diabos dar lições à URSS quando o Plano GOELRO eletrificou a URSS até 1953 e, na Espanha, havia pessoas sem luz depois que Franco morreu? Quando os soviéticos foram para a lua e do espaço, eles riram dos espanhóis que odiavam o comunismo e andavam em burros. Menos lições.


Em 1965, boletins internos do Ministério de Educação franquista reconheciam isso na URSS: http://www.mecd.gob.es/dctm/revista-de-educacion/1965-169/1965re169informacionextranjera.pdf?documentId=0901e72b8194e50e



1965, quando na Espanha as crianças saíram aos 12 anos de escola para ir trabalhar. Quando não saíam antes. Se eram pobres, claro.

Para defender a URSS, só precisei de dados, mesmo de organizações da Espanha de Franco, que não são suspeitas pelos pró-comunistas. Para atacá-lo, eles só usam literatura barata, o bêbado fascista de Solzenytsin, aquele que admirava Franco. Aquele lixo. Antes de falar sobre uma URSS que superava a Espanha atrasada e empobrecida por uma oligarquia parasita, estude a História.


Imagens de Moscou e Bucareste em 1953 após a morte do líder soviético, Josif Stalin:




Quais foram os erros? Claro, onde não estão lá? Qual foi o arquiteto da derrota nazista e o único que apoiou a Espanha republicana? Também foi Stalin.


Milhões de russos comeram decentemente, pisaram na universidade, foram a um médico, tiveram luz elétrica, pela primeira vez, entre 1924-53. Não é de surpreender que, ao contrário do que acontece na Europa Ocidental, na Rússia a avaliação de Stalin seja mais positiva do que negativa.


Por @AlOtroLadoDelMuro‏.

CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!