Resposta aos duplos erros de Pierre Joseph-Proudhon.

 

A Miséria da Filosofia é um livro escrito em 1847 por Karl Marx e publicado no mesmo ano nas cidades de Paris e Bruxelas. O livro é uma resposta à Pierre-Joseph Proudhon, e o próprio título do livro carrega uma forte carga de ironia derivando do título do anarquista francês “Filosofia da Miséria”.

 

É um trabalho de volume único (tem metade do tamanho do Tomo I da Filosofia da Miséria) e saiu apenas um ano depois da obra de Proudhon. “Sistema das Contradições Econômicas” (título original do Filosofia da Miséria), todavia, foi escrito em 1846.

 

Ambas obras contêm críticas ao sistema econômico vigente, sendo ambas boicotadas por setores liberais da época, todavia, a obra de Marx, indo muito além dos escritos de Proudhon, demonstra todas as limitações e equívocos da obra proudhoniana, demonstrando que sua teoria não se limita a ir além do que os próprios teóricos do liberalismo clássico inglês já haviam formulado.

 

Assim, a publicação da obra de Marx em 1847 demarca a ruptura explícita entre os dois, sendo a partir de então Marx um dos principais expoentes teóricos do comunismo (socialismo científico), e Proudhon um dos principais nomes do anarquismo (socialismo libertário).

 

Foi publicado pelo Edições VÀE em 2017. Em sua versão impressa ele possui 205 páginas, com capa P&B, e é de tipo brochura.

Marx: Miséria da Filosofia (1847)

REF: ME9
R$ 25,00Preço

    CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!