1) Crítica aos Social-Federalistas & 2) Como agir perante o problema nacional.

 

Em 1904 crescia o debate sobre a questão nacional nas fileiras da socialdemocracia da Rússia. Algumas nacionalidades começaram a organizar partidos socialdemocratas próprios, alheios a socialdemocracia da Rússia e do resto do proletariado do país.

 

Promovendo a segregação entre o proletariado da Rússia de distintas nacionalidades, os chamados sociais-federalistas vão ser movidos por vários equívocos teóricos acerca da questão nacional. Josef Stálin, todavia, um dos dirigentes bolcheviques que mais se preocupou com o tema da questão nacional, decide realizar um escrito sobre o assunto. O primeiro de vários escritos do georgiano que tocará no tema das nacionalidades.

 

Foi publicado pelo Edições VÀE em 2017. Em sua versão impressa ele possui 56 páginas, com capa P&B, e é de tipo brochura.

Stálin: Como se considerar a Questão Nacional (1904)

REF: JS2
R$ 10,00Preço

    CONHEÇA A NOSSA LIVRARIA! COMPRE OS NOSSOS TÍTULOS!